Testei – Umectação Oliva da Lola

Posted on

A resenha de hoje será um pouco polêmica porque sei que muita gente ama esse produto.

Eu pensei muito e nem iria falar sobre essa marca, pois como deixei bem claro no post sobre o Garota Veneno, a Lola trata seus consumidores como lixo (sou prova disso), porém como consumidora, tenho direito sim de escrever aqui e deixar a minha opinião!

Gosto de alguns produtos da marca, que também irei resenhar, porém não comprei mais nada deles depois do que aconteceu com o SAC, por isso só tenho os produtos antigos.

umectação lola
umectação lola

Sobre a umectação oliva, segundo a fabricante:

  • O que é: Super umectação para cabelos ressecados e detonados, com óleo de Oliva orgânico e prensado a frio. Repõe a umidade natural, reduz o frizz e o fly away, conferindo umectação intensa. SOS Capilar: efeito restaurador de cabelos submetidos a tratamentos agressivos.
  • Base veículo da formulação: 100% vegetal, com certificado Ecocert.

PRINCIPAIS ATIVOS

  • Óleo de oliva: rico em vitamina E e antioxidantes, extremamente umectante e nutritivo.
  • Serine, Glicine, Alanine, Lysine, Arginine, Threonine e Proline: todos proteínas, resconstrutores capilares potentes, super reparadores da fibra.
  • Ácido lático: é selante da fibra capilar, fecha as cutículas e condiciona os cabelos.
  • Óleo de lavanda: é purificante e óleo de laranja também.

Eu faço uso dessa técnica bem antes da marca lançar esse óleo em creme, logo conheço seus aspectos e resultados, como já postei aqui.

lola textura
lola textura

O que eu esperava? Bem um milagre em pote, creme multiuso, como a própria fabricante descreve.

  • Como finalizador: pesa demais no meu cabelo e deixa ele muito embaraçado.
  • Como pré shampoo: não achei que deu algum resultado.
  • Método Lola (máscara de tratamento): pesou, não desembaraçou, nem com o melhor condicionador do mundo, por isso precisei lavar os fios novamente e passar um tratamento power.
  • Para pontas danificadas: deixou pior do que sem nada, mais secas impossível.

Por isso vou resenhar o método de aplicação noturna, que usei diversas vezes.

O cheiro é bem agradável, textura consistente, aplico uma quantidade generosa e vou dormir após breve massagem nos fios.

O comprimento do meu cabelo está ok, o grande problema mesmo está na ponta, por isso achei que teria algum resultado.

Mas, por incrível que isso possa parecer, após a lavagem e com o cabelo seco sinto que o comprimento ficou ótimo, com uma nutrição “pesada” faria, com muito brilho, cabelo mais encorpado, macio, porém a ponta mais seca do que nunca, super embaraçada.

Conclusão: onde o meu cabelo está “normal” funcionou como uma nutrição potente, porém onde meu cabelo está mais danificado, gerou o efeito contrário, ficou mais seco do que nunca.

Não adianta culpar meu cabelo novamente Lola porque a embalagem descreve que é para cabelos extremamente danificados, logo minhas pontas teriam, na teoria, aceitado melhor o tratamento se realmente fosse assim tão bom.

Eu acho que vale a pena continuar no bom e velho método da umectação mesmo, apesar da praticidade desse creme que não deixa tudo melecado, o antigo é muito mais eficaz para cabelos realmente danificados.

Eu fiquei muita confusa com esse creme, que no inicio gostei depois odiei, só agora vendo com calma que entendi onde estava o problema.

Custa entre R$ 40 a R$ 50 e acho que vale mais a pena um bom oleo ou manteiga vegetal no seu lugar, que além de mais barato, recupera qualquer cabelo sem exceções, como esse da Lola que só funciona nas partes mais “fáceis” de tratar.

Gravatar Image
Paulista com 26 anos completamente apaixonada por cosméticos, atualmente ruiva depois de um longo período loira, não sai de casa sem blush e viciada em seriados.